Olá,  seja bem-vindo!  |  Entrar  |  Criar conta  |  Precisa de ajuda?

Amazonas: Obras da BR-319 serão entregues em 2012, afirma Dnit

Publicado para Jerry Araújo em quarta-feira, 12 de novembro de 2008 | 12.11.08

Fonte: Portal Amazônia
Após o anúncio para 2011 a conclusão das obras da BR-319, que liga Manaus a Porto Velho (RO), o Ministério dos Transportes reviu a previsão e prorrogou para 2012 o prazo para o término dos serviços de recuperação da rododovia, segundo informações do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (Dnit).

A rodovia é a única alternativa para se chegar a Manaus via terrestre. Em março deste ano,o chefe de gabinete do Ministério dos Transportes, Aluísio Braga, informou que a previsão de entrega da obra era para 2011. A recuperação faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e tem um orçamento de R$ 695 milhões, de acordo como Dnit.

Percurso

O trecho mais longo dos lotes de obras da rodovia, que vai de Igarapé-Açu (PA), quilômetro 250, até a região de Humaitá, quilômetro 655, está interditado desde outubro pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) por falta de informações complementares no Estudo de Impacto Ambiental (Eia/Rima).
Os outros sete lotes em que foram divididos os 877 quilômetros da rodovia estão todos em obras, segundo o Dnit. A recuperação que vai do quilômetro 718,6 ao 763,6 e a que abrange o quilômetro 813,6 ao 877,4 deverão ser os primeiros a serem concluídos. A previsão do Dnit é de que sejam entregues em dezembro de 2009.

A BR-319 é transitável e apresenta problemas em dois trechos. O que foi embargado pelo Ibama e o outro, que se encontra entre os quilômetros 655 até o 678, teve o projeto executivo atualizado, segundo Dnit. O superintendente do Ibama no Amazonas, Henrique Pereira, informou que o Eia/Rima está em fase de análise pela diretoria de licenciamento do órgão, em Brasília. "Nessa fase o Ibama verifica se estão contemplados no estudo todos os itens necessários para avaliar os riscos da obra", disse.

Audiências Públicas

Depois de aprovado, começa a fase de audiências públicas que deverão ser realizadas em Rondônia e no Amazonas. "Sugestões dapopulaçãopoderãogerar necessidades de novos estudos oudealteraçõesnoEia-Rimaoriginal", explicou Pereira.

Quase 98% da BR-319, cerca de 859 quilômetros, estão no Amazonas. Para se ter uma idéia da distância que ela representa, o percurso de barco entre Porto Velho e Manaus demora em média quatro dias. A rodovia é o principal acesso a várias cidades do sul do Amazonas, como Humaitá, Careiro, Manaquiri, Beruri, Borba e Lábrea.

Permitida reprodução deste citada a fonte.

Publicidade

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

?Leia abaixo antes de comentar

* Todos os comentários são moderados;
* Comentários em 'anônimo' serão rejeitados;
* Comente somente o que for referente ao tema publicado;
* Ofensas pessoais ou spam serão rejeitados;
* Obrigado por sua visita no Manaus em Notícia e volte sempre!