Olá,  seja bem-vindo!  |  Entrar  |  Criar conta  |  Precisa de ajuda?

Cotidiano>> 'Grande Enchente' obriga alunos a enfrentam as áreas afetadas

Publicado para Jerry Araújo em sexta-feira, 15 de maio de 2009 | 15.5.09

Fonte: Portal Amazônia, com colaboração do SENAI Amazonas
O barco-escola Samaúma, unidade do SENAI Amazonas, encerrou as atividades de qualificação profissional hoje (15) em Anamã, município a 162 quilômetros de Manaus. Foram ministrados 18 cursos para 25 turmas no período de dois meses, de março a maio.

Mesmo com a enchente que atinge a maioria dos municípios do Amazonas e que deixou Anamã parcialmente alagada, o SENAI certificou 480 moradores em cursos profissionalizantes, como de mecânico de motocicleta e motor de popa, instalador hidráulico, informática, marceneiro, entre outros.

Segundo o coordenador de Relações com o Mercado do Centro de Ações Móveis e Comunitárias (CAMC/SENAI), Sérgio Furtado, a instituição disseminou, além de educação profissional, esperança de crescimento e desenvolvimento sustentável em Anamã, através da ampliação do conhecimento técnico em diversas áreas e do incentivo ao empreendedorismo na população local.

Sérgio também destacou o empenho dos alunos durante as aulas e a determinação de enfrentar os obstáculos nas vias de acesso ao barco e às salas cedidas pela prefeitura local para alguns cursos desembarcados.

Dos cursos da programação, apenas dois não foram realizados, e o de eletricista teve que ser interrompido devido à dificuldade para chegar ao local onde eram realizadas as aulas. Em decorrência à falta de infra-estrutura da cidade, o coordenador do Samaúma, Carlos Martins, em comum acordo com instrutores do SENAI e alunos, decidiu adiar a formatura e entrega dos certificados aos concludentes para data posterior.

A tripulação composta por coordenador, administrativos, comandante e instrutores segue agora para o município de Tefé, a 672 quilômetros da capital. Tefé foi primeiro município onde a unidade móvel fluvial do SENAI Amazonas aportou e onde foi realizada a aula inaugural há 30 anos, em 20 de junho de 1979. O Samaúma deve permanecer no município de Tefé até julho e capacitar cerca de 500 alunos.

Para navegar pelos rios da Amazônia, o projeto do barco-escola do SENAI possui parceria da Petrobras, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e Agência de Fomento do Estado do Amazonas (AFEAM).

Permitida reprodução deste citada a fonte.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

?Leia abaixo antes de comentar

* Todos os comentários são moderados;
* Comentários em 'anônimo' serão rejeitados;
* Comente somente o que for referente ao tema publicado;
* Ofensas pessoais ou spam serão rejeitados;
* Obrigado por sua visita no Manaus em Notícia e volte sempre!