Olá,  seja bem-vindo!  |  Entrar  |  Criar conta  |  Precisa de ajuda?

Preservar>> Representantes de 15 estados se reúnem para traçar estratégias de defesa sanitária animal

Publicado para Jerry Araújo em sexta-feira, 5 de junho de 2009 | 5.6.09

Fonte: Agência Brasil/AE
Representantes de pelo menos 15 estados brasileiros deram início hoje (4) a uma reunião do Fórum Nacional de Executores da Sanidade Agropecuária (FONESA). Dois temas importantes vão nortear as discussões: a parceria entre os estados para erradicação da febre aftosa e a implementação, pelo Fonesa, de um diagnóstico nacional sobre a defesa agropecuária no país.

De acordo com o presidente do FONESA, Décio Coutinho, as reuniões do fórum têm um significado estratégico do ponto de vista da atenção à sanidade agropecuária. Ele explica que cada estado tem autonomia para traçar o planejamento que quiser a fim de garantir, por exemplo, a vacinação do gado. Contudo, ressalta o intuito dos integrantes do fórum em fazer com que os serviços de defesa sanitários nacionais tenham mais "harmonia".

“O Brasil é muito grande para poder ter uma única estratégia, mas precisamos ter um serviço de defesa harmônico no país. O produtor é um só e, por isso, ele não pode ter que se adaptar a situações muito diversas, de acordo com o estado”, considerou.

As atividades da reunião do Fonesa na capital amazonense incluem a apresentação de experiências de sucesso de cada estado no Plano Nacional de Erradicação da Aftosa. O estado anfitrião do encontro irá apresentar alguns resultados já obtidos com o Plano Amazonas Livre de Febre Aftosa até 2010. A idéia é promover a troca de experiências entre os participantes. Entre os estados que enviaram representantes estão São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Bahia, Rio Grande do Sul e Pará. O encerramento do evento será amanhã (5).

Ainda segundo Coutinho, a realização desta reunião do Fonesa em Manaus se deve à experiência exitosa do Amazonas para erradicação da febre aftosa. A vacina contra a doença no estado é disponibilizada aos pecuaristas por um preço simbólico de R$ 0,60 e a aplicação é feita por técnicos da Secretaria de Produção Rural (SEPROR). Desde 2004 o Amazonas não tem registro de casos de febre aftosa.

“O esforço que o Amazonas vem fazendo no sentido de transformar o estado livre de febre aftosa por meio de vacinação até 2010 precisa ser reconhecido. Trata-se de um dos trabalhos mais importantes que vem sendo feitos dentro do Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa.”

O secretário de Produção Rural do Amazonas, Eron Bezerra, afirmou, em entrevista à Agência Brasil, que a cobertura vacinal é muito alta. Ainda assim, os esforços estão concentrados para que, até o fim de 2010, o estado possa ter o status de área livre de aftosa.

“Isso significa dizer que o Amazonas vem fazendo o dever de casa, tanto com as agulhas oficiais, que são uma forma de vacinação supervisionada, quanto com as campanhas permanentes que são realizadas duas vezes por ano. Não é só
garantir que o estado esteja imune à doença. É preciso garantir também que não vai entrar no estado nenhum animal doente", afirmou o titular da Sepror.

O Fonesa existe desde o ano 2000 e é formado por entidades de defesa agropecuária de todo o país. O grupo tem como finalidade promover a articulação permanente entre os órgãos de defesa agropecuária, com o objetivo de realizar o desenvolvimento harmônico e integrado das ações de sanidade animal, vegetal e inspeção higiênico-sanitária e tecnológica dos produtos de origem animal e vegetal.

As reuniões do fórum são realizadas, pelo menos, três vezes ao ano. Em 2009, o grupo já se reuniu em Aracaju (SE) e em Uberaba (MG). Os próximos encontros serão realizados no fim do mês em Salvador (BA) e depois em Vitória (ES).

Permitida reprodução deste citada a fonte.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

?Leia abaixo antes de comentar

* Todos os comentários são moderados;
* Comentários em 'anônimo' serão rejeitados;
* Comente somente o que for referente ao tema publicado;
* Ofensas pessoais ou spam serão rejeitados;
* Obrigado por sua visita no Manaus em Notícia e volte sempre!