Olá,  seja bem-vindo!  |  Entrar  |  Criar conta  |  Precisa de ajuda?

Política>> CPI da Violência Urbana quer ouvir promotor Walber Nascimento

Publicado para Jerry Araújo em domingo, 22 de novembro de 2009 | 22.11.09

O relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Violência Urbana, deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS), afirmou estar interessado em ouvir o promotor de justiça Walber Nascimento. Ele disse que, após reunir-se com a equipe da CPI, quer ouvir o magistrado. As informações são do jornal A Crítica.

Em sua visita a Manaus, o deputado ouviu depoimentos de autoridades locais envolvidas nas investigações do Caso Wallace.

+Siga o MN no Twitter!

Walber Nascimento foi afastado por 90 dias porque teria aceitado de presente um carro New Beetle de Flávio Coelho, o “Flavinho da 14”, que seria traficante. Flavinho é sobrinho de Luiz Alberto Coelho, o “Bebeto da 14”, também acusado de tráfico de drogas, morto em fevereiro deste ano.
Bebeto é um dos investigados pela Força-tarefa que averigua o suposto envolvimento do ex-deputado estadual Wallace Souza e seu filho Raphael Souza com uma organização criminosa.

O promotor Walber Nascimento afirmou que não comentaria o assunto e só o tratará no Tribunal.

>>Sabino Castelo Branco

Paulo Pimenta foi questionado se ouviria o deputado federal Sabino Castelo Branco (PTB-AM). Ele estava na casa de Wallace quando a polícia cumpriu o mandato de busca e apreensão, onde foram encontradas armas de posse restrito e munição.

“Como nenhum fato contra o deputado Sabino chegou a CPI, ele não precisa ser ouvido no momento. Vamos convocar sim a produtora do programa Canal Livre – apresentado pelos irmãos Carlos, Wallace e Fausto Souza-, Vanessa Lima”, explicou Pimenta.

Fonte: Portal Amazônia com info de jornal A Crítica
Fotos: Reprodução/ALEAM

Permitida reprodução deste citada a fonte.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

?Leia abaixo antes de comentar

* Todos os comentários são moderados;
* Comentários em 'anônimo' serão rejeitados;
* Comente somente o que for referente ao tema publicado;
* Ofensas pessoais ou spam serão rejeitados;
* Obrigado por sua visita no Manaus em Notícia e volte sempre!