Olá,  seja bem-vindo!  |  Entrar  |  Criar conta  |  Precisa de ajuda?

Concursos>> Quatro milhões de estudantes enfrentam o 1º dia do ENEM

Publicado para Jerry Araújo em sábado, 5 de dezembro de 2009 | 5.12.09

Começou neste sábado (5), em mais de 1800 cidades brasileiras, o Exame Nacional do Ensino Médio - o ENEM. A chuva e o trânsito atrapalharam a chegada de muitos alunos.

Sábado foi de batata frita. Marcela Carrara pulou o almoço e chegou para a prova com duas horas de antecedência para não arriscar.

"Eu vou prestar para a UNIFESP. No meu curso, o ENEM vai valer como única fase”, explica a estudante.

+Siga o MN no Twitter!

Mas os portões fecharam antes de muita gente chegar aos locais de prova. Houve estudante que tentou entrar de qualquer jeito. Imagens, feitas com um celular, mostram estudantes de Campinas pulando os portões de uma faculdade. Eles foram retirados pela Polícia Militar.

Houve tumulto também no Centro Universitário de Belo Horizonte e correria em Cuiabá. Os atrasados se jogaram por baixo do portão que já estava sendo fechado. Alguns chegaram tarde demais também em Florianópolis.

+Veja o vídeo produzido pelo JN


Uma obra provocou um engarrafamento e impediu que centenas de alunos respeitassem o horário. Inconformados, pais e estudantes protestaram.

“Eles nunca fazem obra o ano todo, decidiram fazer agora?", argumentou uma jovem.

A confusão em Manaus foi provocada pelo horário de verão. A prova começou às 13h, pelo horário de Brasília. No Amazonas, ainda eram 11h. Muita gente se confundiu.

Em Brejetuba, no Espírito Santo, o exame foi adiado para o mês que vem por causa de chuvas e alagamentos.

Em todo o Brasil, mais de 4,1 milhões de pessoas se inscreveram para o ENEM esse ano. O resultado do exame seria usado como único critério de seleção ou somado à nota do vestibular para entrar nas principais universidades do país. Mas, depois que a primeira prova foi anulada, algumas mudaram de idéia.

O vazamento das provas, provocou o cancelamento do exame em outubro. A Polícia Federal indiciou cinco pessoas pelo crime. Depois da fraude, universidades, como a USP e a Unicamp desistiram de usar a nota no processo de seleção.

Quarenta e nove instituições públicas vão ter o exame como substituto do vestibular, mas o interesse pelo ENEM diminuiu. Em um prédio, em São Paulo, quase metade dos inscritos faltou.

Quem não teve problemas - e foi bem na prova deste sábado- pretende comemorar esta noite. Mas sem abusar, porque domingo tem mais.

"Não posso ficar até tarde, mas eu vou descansar, porque senão, não dá", avisa a estudante Priscila Vidal.

Fonte e vídeo: Jornal Nacional/TV Globo

Permitida reprodução deste citada a fonte.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

?Leia abaixo antes de comentar

* Todos os comentários são moderados;
* Comentários em 'anônimo' serão rejeitados;
* Comente somente o que for referente ao tema publicado;
* Ofensas pessoais ou spam serão rejeitados;
* Obrigado por sua visita no Manaus em Notícia e volte sempre!