Olá,  seja bem-vindo!  |  Entrar  |  Criar conta  |  Precisa de ajuda?

EducAção>> Alunos do SENAI AM em contagem regressiva para Olimpíada do Conhecimento

Publicado para Redação em quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010 | 10.2.10

A um mês da Olimpíada do Conhecimento no Rio de Janeiro, o maior evento de educação profissional das Américas, os 12 alunos da delegação do SENAI e Senac Amazonas já estão no ritmo de competição. A OC de 2010 se torna ainda mais especial por contemplar o primeiro WorldSkills, torneio internacional, com participação de adolescentes de outros continentes. No período de 10 a 13 de março os jovens que representam as duas instituições no Amazonas colocarão à prova suas habilidades e conhecimentos técnicos e tecnológicos em 12 das 46 ocupações que serão realizadas no Riocentro, localizado na Barra da Tijuca, zona Oeste.

+Siga o MN no Twitter!

O SENAI Amazonas levará alunos de Mecatrônica, Fresagem a CNC, Tecnologia da Informação, CAD, Tornearia, Eletricidade Predial, Ferramentaria, Mecânico de Refrigeração e Tornearia a CNC, e o Senac participará nas modalidades de serviços, nas ocupações de cabeleireiro e cozinha.

Para o aluno Marcos Efraim, de 20 anos, a expectativa de integrar o seleto grupo de competidores da Olimpíada do Conhecimento é um sonho que iniciou em 2007 quando foi desclassificado no último simulado estadual de Tornearia a CNC, da edição de 2008, ocorrido em Blumenau (SC). Com tal particularidade, Efraim é um exemplo de perseverança para os demais colegas que passaram pela primeira vez por toda pressão dos processos eliminatórios até a etapa nacional da competição.

“Sou um privilegiado por ter a oportunidade de representar o SENAI/AM na Olimpíada do Conhecimento. Acredito que já sou um vencedor, independente, dos resultados que irei alcançar”, ressaltou o aluno.

Focado nos projetos que deve apresentar aos avaliadores da OC, o aluno de tornearia a CNC, dedica tempo integral ao treinamento na Escola SENAI Waldemiro Lustoza, no bairro Cachoeirinha, em Manaus. Marcos Efraim comenta que para se tornar um competidor precisou abrir mão do trabalho de operador de torno a CNC, em uma ferramentaria da capital, para destinar manhã e tarde aos simulados com os instrutores do SENAI/AM, estudando um volume complexo de informações nas áreas de metrologia, software CAD/CAM, usinagem e códigos e comandos em máquinas CNC.

“Nos últimos dois meses o SENAI Amazonas é a minha família, tenho convivido mais tempo com instrutores e alunos da instituição do que os meus próprios familiares. Todo empenho é para mostrar o que aprendi e fazer bonito nesta nova fase da minha vida e que será um marco para meu futuro profissional”, disse Efraim.

Fonte: Ass. de Comunicação Social Sistema FIEAM
Foto: Reprodução/FIEAM


Permitida reprodução deste citada a fonte.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

?Leia abaixo antes de comentar

* Todos os comentários são moderados;
* Comentários em 'anônimo' serão rejeitados;
* Comente somente o que for referente ao tema publicado;
* Ofensas pessoais ou spam serão rejeitados;
* Obrigado por sua visita no Manaus em Notícia e volte sempre!