Olá,  seja bem-vindo!  |  Entrar  |  Criar conta  |  Precisa de ajuda?

Dia da Construção Social no Clube do Trabalhador do SESI

Publicado para Redação em sábado, 28 de agosto de 2010 | 28.8.10

Um dia dedicado aos trabalhadores da construção civil e seus dependentes foi promovido pelo Sindicato da Construção Civil (Sinduscon/AM), Serviço Social da Indústria (SESI Amazonas) e demais parceiros do segmento, neste sábado (21), no Clube do Trabalhador.

+Siga a gente no Twitter!

O Dia da Construção Social, uma ação nacional de iniciativa da Câmara Brasileira da Indústria da Construção Civil (CBIC), ocorreu simultaneamente em 24 estados brasileiros, oferecendo atendimentos ligados ao lazer, saúde e cidadania.

De acordo com a gerente de Responsabilidade Social Empresarial do SESI/AM, Simônica Sidrim, cerca de 200 colaboradores do SESI foram mobilizados para contribuir com a realização do Dia da Construção Social, a instituição coordenou as atividades de esporte, saúde, palestras e apoio logístico e operacional do evento.

O mutirão solidário atendeu mais de 17 mil trabalhadores da construção civil e seus dependentes, destacando os serviços de saúde e lazer. No total, foram contabilizados mais de 34 mil atendimentos.

Segundo a coordenadora de projetos sociais, Silvane Almeida, o SESI/AM, inserido nessas iniciativas, cumpre sua missão de fomentar a inclusão social das pessoas e a melhoria da qualidade de vida do trabalhador por meio da ampla divulgação dos programas e projetos da instituição aos diversos segmentos da indústria.

Presidente da CBIC no SESI/AM

Na terceira edição do Dia da Construção Social no Amazonas, o presidente da CBIC, Paulo Safady Simão, prestigiou a organização local. Segundo Safady, a indústria que mais gera emprego e renda deve ficar atenta para a mão de obra informal que conta com uma parcela igual a do trabalhador de carteira assinada.

De acordo com dados do Sinduscon/AM, no Estado são quase 35 mil empregados nas diversas áreas da construção civil e outros 35 mil exercem as profissões do segmento na informalidade.

“Como vamos garantir e conquistar a credibilidade do mercado e segurança nos serviços se registramos alto número de profissionais sem qualificação que exercem suas atividades aleatoriamente”, comenta Paulo Safady.

Para modificar esse cenário, o presidente da CBIC enumerou algumas ações desenvolvidas pela Câmara, como os projetos de treinamento e capacitação de mão de obra, construção sustentável e inovação tecnológica no setor produtivo da construção civil brasileira.

“Para atender todas as demandas e acompanhar o crescimento da construção civil é indispensável à parceria das Federações das Indústrias e suas entidades pela abrangência de suporte que o SESI e o SENAI, e a própria influência das Federações, podem proporcionar aos trabalhadores do segmento com a qualificação, educação, saúde e qualidade de vida”, aponta Safady.

Saúde ao trabalhador

Para o técnico de segurança no trabalho da construtora Parente Andrade, Edvaldo Ribeiro, de 30 anos, o evento reuniu inúmeros serviços que durante a semana fica difícil procurá-los separadamente, como colocar suas vacinas em dia e aproveitar para aferir a pressão arterial e observar como está o índice glicêmico.

“O trabalho da construção civil não para e o trabalhador que participa desse evento encontra tudo que precisa num só ambiente, sem precisar perder tempo para procurar o médico, o cartório, a farmácia, a escola profissionalizante. Foi muito bom e espero que tenham outros dias desses cada vez melhores”, disse o técnico de segurança.

Segundo a enfermeira do SESI, Alessandra Junia, cerca de 30 funcionários do SESISaúde apoiaram na promoção e organização do atendimento da saúde no evento. Na área de imunização quatro técnicos e duas enfermeiras disponibilizaram 350 doses de vacina contra hepatite B, febre amarela, antitetânica e H1N1.

O eletricista Marcos Duque Medeiro procurou remédio para as dores lombares que o incomodam toda a semana. Após o atendimento de um clínico geral, o trabalhador da Master Engenharia evitou a perda de um dia de trabalho e recebeu o medicamento descrito pelo médico para amenizar seu problema de saúde. O medicamento foi disponível pelo SESI que, segundo a farmacêutica da instituição, Aldaléia Barroso, forneceu mais de 30 tipos de medicamentos ao público do evento.

Divulgação sobre educação profissional e estágio

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Amazonas) divulgou os cursos profissionalizantes e serviços técnicos e tecnológicos (STT) das quatro escolas. No Entanto, a Escola SENAI Demóstenes Travessa foi a mais envolvida, pois atua na área da Construção Civil.

O trabalhador Moacyr Sales da Silva, 42 anos, que atua como pedreiro há vários anos, procurou o stand do SENAI para se informar sobre cursos de qualificação. “Trabalho a vida inteira como pedreiro e agora gostaria de ser certificado”, declara.

O IEL divulgou informações sobre o cadastramento de currículo no Banco de Talentos, o Sistema Gestão de Estágio, e os cursos, entre eles, o de Inglês que passa a ser oferecido com preço acessível ao mercado.

Lazer em família

Além do atendimento médico e desportivo, o SESI também apresentou atividades lúdicas às crianças como meio de informação quanto à saúde bucal e bons hábitos alimentares. A atividade atraiu o público infantil, entre eles os quatro filhos do pedreiro da construtora Direcional, Rubernane da Silva, de 47 anos, e da dona de casa, Clara dos Santos, de 27 anos, que aproveitou o sábado em família no Dia da Construção Social.

“Essas atividades são muito boas para a classe, pois aqui todos são atendidos, desde o menor até o pai de família. Hoje busquei serviços de saúde, enquanto os meus filhos se divertiam”, declara o pedreiro Rubernane.

Fonte e foto: Ass. de Comunicação Sistema FIEAM

Permitida reprodução deste citada a fonte.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

?Leia abaixo antes de comentar

* Todos os comentários são moderados;
* Comentários em 'anônimo' serão rejeitados;
* Comente somente o que for referente ao tema publicado;
* Ofensas pessoais ou spam serão rejeitados;
* Obrigado por sua visita no Manaus em Notícia e volte sempre!