Olá,  seja bem-vindo!  |  Entrar  |  Criar conta  |  Precisa de ajuda?

Economia>> Federações das indústrias da Amazônia Legal unidas na V FIAM

Publicado para Jerry Araújo em quinta-feira, 26 de novembro de 2009 | 26.11.09

Presidentes, vice-presidentes e representantes das federações das indústrias dos estados do Amazonas, Acre, Amapá, Pará, Roraima, Rondônia, Tocantins e Maranhão se reuniram no stand da Associação das federações das indústrias da Amazônia Legal- Ação Pró-Amazônia durante o primeiro dia de exposição da V Feira Internacional da Amazônia (FIAM).

+Siga o MN no Twitter!

O anfitrião do stand e presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM), Antonio Silva, recebeu no primeiro dia de exposição o governador Eduardo Braga. O evento está sendo realizado no Studio 5 e segue até sábado(28).

A iniciativa de reunir as 9 federações da Amazônia Legal na grande vitrine de produtos e serviços, que é a FIAM, possibilitou aos presidentes das federações uma maior visibilidade na exposição. Para o superintendente da Federação das Indústrias do Acre (FIEAC), Jorge Vila Nova, a FIEAC veio marcar presença na feira, ressaltando que o setor industrial de movelaria e marchetaria são os grandes destaques industriais do estado.

“Viemos conhecer e extrair ideias e conhecimentos”, disse o presidente da Federação das Indústrias de Rondônia (FIERO), Denis Baú. Rondônia tem uma economia industrial bem consolidada no setor de alimentos. São 13 milhões de cabeças de gado que fazem de Rondônia o 4º maior estado exportador de carne desossada do Brasil. Há 70 indústrias de laticínios, 4 indústrias de leite em pó, além do pescado, da indústria madeireira e há 60 dias, instalou-se em Rondônia o Cimento Votorantim.

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Pará (FIEPA), José Conrado Santos, destacou que a Ação Pró-Amazônia trabalha na solidificação do bloco amazônico em defesa dos assuntos comuns da região e a FIAM é uma oportunidade da região mostrar o seu potencial. Até 2014 serão investidos em solo paraense mais de R$ 50 bilhões em projetos de extração mineral, verticalização da produção e obras públicas. O investimento deve gerar quase 120 mil novos postos de trabalho. José Conrado acrescentou ainda que o respeito ao meio ambiente está sendo trabalhado pelas indústrias do estado.

O representante da Federação das Indústrias do Amapá, Márcio Clei Oliveira, o vice-presidente da Federação das Indústrias do Maranhão (FIEMA), Luiz Fernando Coimbra, a vice-presidente da Federação das Indústrias de Roraima (FIER), Malu Campos e o superintendente do SESI DR Tocantins, Charles Alberto Elias, também estão prestigiando o stand da Ação Pró-Amazônia.

A programação de hoje (26) é aberta para empresários e para os 380 expositores. Além da Ação Pró-Amazônia, o SESI, SENAI e IEL Amazonas também participam da feira, divulgando seus diversos serviços. O público poderá visitar a feira a partir das 18h de amanhã (27) e a entrada será franca.

Fonte: Ass. de Comunicação Social Sistema FIEAM
Foto: Vanessa Damasceno


Permitida reprodução deste citada a fonte.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

?Leia abaixo antes de comentar

* Todos os comentários são moderados;
* Comentários em 'anônimo' serão rejeitados;
* Comente somente o que for referente ao tema publicado;
* Ofensas pessoais ou spam serão rejeitados;
* Obrigado por sua visita no Manaus em Notícia e volte sempre!