Olá,  seja bem-vindo!  |  Entrar  |  Criar conta  |  Precisa de ajuda?

Ação>> Indústrias de alimentos finalizaram Projeto de Desenvolvimento Competitivo na FIEAM

Publicado para Jerry Araújo em quinta-feira, 3 de dezembro de 2009 | 3.12.09

Catorze indústrias no ramo de alimentos se beneficiaram das consultorias e capacitações gratuitas oferecidas pela empresa Personal Quality, contratada pelo Departamento de Apoio à Pequena e Média Indústria (DAMPI) da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (FIEAM).

+Siga o MN no Twitter!

Fruto da parceria da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE Nacional), o Programa de Apoio à Competitividade das Micro e Pequenas Indústrias (PROCOMPI) foi desenvolvido primeiramente nos setores gráfico e cerâmico e nos últimos oito meses.

Pessoas, Processos, Clientes e Finanças. Essas foram as quatro dimensões estudadas e aplicadas nas empresas. Segundo o consultor Geraldo Magela foi desenvolvido um sistema de gestão da qualidade, no qual as empresas puderam se organizar com a implantação do Programa 5S.

Também desenvolveram a identidade organizacional com a criação da missão e valores da empresa, mapeamento de processos, pesquisa de satisfação do cliente e plano de treinamento para os funcionários.

Participaram do programa a Panificadora Bis, Nego Bom Padaria e Confeitaria, Bodega do Pão,Bombons finos da Amazônia, Doce Manaus, Oiram Chocolates, Fazendinha Mundo Novo (Iranduba e Manaus), Grupo Cíntia (Cachoeirinha, Aleixo e Chapada), Brioche Casa de Delícias, Serpan Panificadora e Confeitaria e Requinte Pães e Tortas. Em 2 de Dezembro houve a apresentação dos resultados obtidos com a implantação do sistema de qualidade.

O empresário da Oiram Chocolates, Mário Fogaça, ressaltou a importância dos colaboradores para desenvolver as melhorias. “Para um time ganhar é preciso ter craques e na minha equipe eu tenho esses craques”, o empresário entregou um certificado à funcionária Jucimara Figueira pela dedicação na implantação das melhorias.

O desafio vivenciado pelas indústrias gerou mudanças significativas que foram apresentadas pelas organizações. “Nunca é tarde para tentar o desconhecido, nunca é tarde para ir além”. Essa foi a frase de encerramento da apresentação da indústria Fazendinha Mundo Novo que durante o projeto teve a oportunidade de aprender e melhorar.

Segundo a coordenadora das ações do Procompi, Regina Marques, o convênio 139/2006 encerra com essa turma de empresas, mas há uma previsão para que o projeto continue, dependendo da aprovação do projeto que pretende atender nos próximos anos os setores naval, de confecção, marcenaria e a continuação dos trabalhos com a indústria de alimentos.

Fonte: Ass. de Comunicação Social Sistema FIEAM, para o GJA
Fotos: Vanessa Damasceno

Permitida reprodução deste citada a fonte.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

?Leia abaixo antes de comentar

* Todos os comentários são moderados;
* Comentários em 'anônimo' serão rejeitados;
* Comente somente o que for referente ao tema publicado;
* Ofensas pessoais ou spam serão rejeitados;
* Obrigado por sua visita no Manaus em Notícia e volte sempre!