Olá,  seja bem-vindo!  |  Entrar  |  Criar conta  |  Precisa de ajuda?

Transporte>> Rodoviários aceitam proposta e ônibus voltam a circular nesta quarta

Publicado para Redação em quarta-feira, 5 de maio de 2010 | 5.5.10

Antes de chegar ao acordo, o último dia de greve foi movimentado. Logo pela manhã, os trabalhadores do sistema decidiram em assembleia organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Amazonas (STTR-AM) pela paralisação total da frota.

+Siga a gente no Twitter!

Pela quebra do acordo judicial, que previa a manutenção de 60% dos coletivos em circulação nos horários de pico, o sindicato iria pagar multa diária de R$ 50 mil. O dinheiro para custear o prejuízo sairia dos cofres do sindicato e do bolso de cada um dos 10 mil rodoviários, incluindo motoristas e cobradores. “Ficou acertado que cada rodoviário contribuiria com R$ 5 por dia a ser descontado em folha de pagamento”, afirmou o presidente do STTR, Josildo Oliveira.

Os rodoviários haviam decidido pela greve devido a atitude do prefeito Amazonino Mendes de intervir no problema do transporte coletivo por meio da liberação de ônibus executivos e alternativos. Josildo frisou que esses ônibus ficaram fora do processo que reduziu a frota dos executivos de 300 para 170 e, portanto não tinham direito legal de circulação. “Inclusive se esses veículos circulassem amanhã (hoje) nós tomaríamos medidas severas, como furar pneus e barrar o trabalho deles”, ameaçou.

O presidente da Cooperativa de Transporte Rodoviário Coletivo de Passageiros (Coontran), Valdomiro Loureiro reagiu à interferência dos rodoviários no trabalho dos executivos. “Não temos nada a ver com a briga entre eles e os empresários que exploram os ônibus convencionais. Se houver retaliação, iremos acionar a polícia contra a medida”, avisou Loureiro, antes do acordo de ontem à noite.

Na tentativa de amenizar os problemas que seriam provocados pela greve, o comandante da Polícia Militar (PM), coronel Dan Câmara informou que pelo menos mil homens da Forças Tática, do Choque, Raio e Rocam estariam nas ruas da capital durante todo o dia de hoje para inibir qualquer ação.

Fonte: Agência EM TEMPO
Foto: Reprodução

Permitida reprodução deste citada a fonte.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

?Leia abaixo antes de comentar

* Todos os comentários são moderados;
* Comentários em 'anônimo' serão rejeitados;
* Comente somente o que for referente ao tema publicado;
* Ofensas pessoais ou spam serão rejeitados;
* Obrigado por sua visita no Manaus em Notícia e volte sempre!