Olá,  seja bem-vindo!  |  Entrar  |  Criar conta  |  Precisa de ajuda?

Projeto Samaúma II estará na ExpoT&C 2010, que ocorrerá dentro da SBPC, em Natal

Publicado para Redação em quinta-feira, 22 de julho de 2010 | 22.7.10

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Amazonas) estará presente na ExpoT&C 2010, mostra de ciência e tecnologia inserida nas atividades paralelas da 62ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que ocorrerá no período de 25 a 30 de julho, na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em Natal. O projeto Samaúma II, primeiro barco-escola de alto desempenho do Sistema SENAI, com previsão de entrar em construção até o final do ano, será uma das novidades expostas no estande do Governo Estado do Amazonas.

+Siga a gente no Twitter!

O projeto executivo do barco está concluído e foi idealizado a partir do sucesso do barco Samaúma, unidade móvel do SENAI/AM que completou 31 anos de atividades, no último dia 20, disseminando a educação profissional pelas cidades ribeirinhas da Amazônia. O primeiro barco do SENAI/AM já aportou em 43 dos 62 municípios amazonenses, atendendo também municípios do Pará, Acre e Roraima, certificando mais de 33 mil alunos.

A nova versão do Samaúma traz as perspectivas de ser um barco-escola verde que levará conhecimento profissionalizante com apelo ecológico e sustentável, formando mão-de-obra para atender o potencial produtivo e econômico de cada município aportado.

Assim como a unidade móvel fluvial pioneira da instituição, o Samaúma II percorrerá cinco municípios por ano, porém com a capacidade de oferecer até 34 cursos gratuitos dentro e fora do barco, enquanto a atual tripulação do Samaúma desenvolve 16 a 18 cursos com carga horária entre 20 a 210 horas em cada cidade, certificando 2,5 mil alunos por ano.

Tecnologia de ponta norteará a construção e aquisição de equipamentos para o barco Samaúma II, conceitos inovadores na preservação do meio ambiente que somam para elevar a qualidade de ensino e o conforto dos alunos e tripulação do barco-escola. As dimensões da unidade serão: 42,55m de comprimento, sendo 40,50m de casco para suportar sua estrutura de três conveses e o seu peso de aproximadamente 250 toneladas.

A mobilização quanto a preservação das riquezas naturais dos rios e floresta da Região Norte é um dos temas abordados nas disciplinas transversais dos cursos promovidos pelo SENAI. Essa responsabilidade também será transmitida por meio de ações desenvolvidos no barco, são elas:

1) Tratamento de água de chuva pelo processo de filtragem para ser usada nas demandas da embarcação;

2) Tratamento de todos os efluentes gerados no barco-escola por meio de equipamentos eletrolíticos;

3) Energia renovável, captada por placas fotovoltaicas;

4) Seleção, retenção e destinação correta dos resíduos sólidos produzidos na embarcação; e

5) Inclusão social de pessoas com necessidades especiais (PNE) e com mobilidade reduzida (PNR) por meio da instalação de um elevador, projeto desenvolvido no próprio SENAI/AM.

As maquetes fidedignas do Samaúma e do projeto executivo do Samaúma II estarão expostas no espaço do SENAI/AM para que o público deste evento científico possa conhecer as atividades desenvolvidas pela escola móvel fluvial e as novas tecnologias que compõe o esboço do segundo barco do SENAI. Dentre os cuidados apontados no projeto de modernização da nova unidade estão previstos a ampliação dos espaços internos, flexibilização dos arranjos de cada ambiente (laboratórios, oficinas e salas de aula), área de armazenamento de material e equipamentos e ferramentas especiais para movimentação de cargas.

A permanência do SENAI nos municípios atendidos pelo Samaúma promove mais uma opção de renda familiar e a independência financeira da administração pública governamental, visto que boa parte da população do interior do Amazonas é empregada nos órgãos municipais ou recebe benefícios do governo. Os colaboradores do SENAI também contribuem na promoção da cidadania, acesso a educação e na sensibilização do caboclo quanto a sua responsabilidade sócio-ambiental.

Fonte: Ass. de Comunicação Sistema FIEAM

Permitida reprodução deste citada a fonte.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

?Leia abaixo antes de comentar

* Todos os comentários são moderados;
* Comentários em 'anônimo' serão rejeitados;
* Comente somente o que for referente ao tema publicado;
* Ofensas pessoais ou spam serão rejeitados;
* Obrigado por sua visita no Manaus em Notícia e volte sempre!