Olá,  seja bem-vindo!  |  Entrar  |  Criar conta  |  Precisa de ajuda?

Político>> Vereadores elogiam motoristas pelo fim da greve dos rodoviários de Manaus

Publicado para Redação em quarta-feira, 5 de maio de 2010 | 5.5.10

O encerramento da greve promovida pelo Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários, que reivindicavam do Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos reajuste salarial e outras vantagens, mereceu elogios na reunião de hoje (05) da Câmara Municipal de Manaus. Os vereadores que abordaram o assunto também elogiaram a atuação do representante da categoria obreira no parlamento, Jaildo dos Rodoviários. A vereadora Socorro Sampaio (PP) apresentou uma moção de parabéns aos trabalhadores rodoviários, por terem retornado ao trabalho e disponibilizado transporte coletivo para a população.

+Siga a gente no Twitter!

Por sua vez, o presidente da CMM, vereador Luiz Alberto Carijó (PTB) parabenizou o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários pelo encerramento da greve que afetou a cidade durante os últimos cinco dias e destacou a atuação do vereador Jaildo dos Rodoviários (PRT) "que teve a grandeza e sensibilidade de atuar como articulador, sendo o responsável efetivo por ter acabado a greve". Jaildo representa a categoria na CMM, onde preside a Comissão de Transportes, Viação e Obras Públicas. De acordo com Carijó, a massa trabalhadora não queria acabar com a greve e foi muito difícil chegar ao entendimento. "Conversamos ontem (terça-feira) a tarde inteira com os sindicalistas e felizmente prevaleceu o bom senso, tanto de empresários quanto dos trabalhadores, para não penalizar mais a cidade de Manaus e os trabalhadores mais humildes, que não têm como se proteger e são os que sofrem mais", declarou o presidente da CMM.

O vice-líder do governo municipal, vereador Homero de Miranda Leão (PHS) também reconheceu os esforços de Jaildo para pôr termo à paralisação dos ônibus. Homero agradeceu ao Jaildo e a todos os rodoviários "que tiveram o bom senso e a grandeza de conversar com os patrões e, em detrimento de seus próprios interesses, tomaram a decisão de retornar ao trabalho e fazer valer o acordo estabelecido". Homero referiu-se aos debates ocorridos na véspera, que classificou como duros, mas dentro do respeito mútuo. "Quero dizer que o vereador Jaildo teve importância decisiva no processo", afiançou, elogiando a determinação do representante dos rodoviários, a quem agradeceu pelo bom senso. Homero elogiou, também, a estratégia usada pelo prefeito de Manaus, Amazonino Mendes, que segundo ele "foi a mais correta possível".

Entretanto, o vereador Mário Frota (PDT) afirmou que o problema ainda não acabou porque os ônibus que circulam em Manaus "são um amontoado de cacarecos e ferros velhos". Frota entende que a negociação caminhou para a concórdia, mas faltou a participação do município para evitar os cinco dias de sofrimento para o povo que ficou sem transporte coletivo durante a greve. "Esta Casa poderia ter se colocado mais à frente nessa luta", admitiu.

Para Mário Frota, a solução encontrada é paliativa e a sociedade continua aflita e angustiada porque o sistema de transporte coletivo de Manaus é o pior do país. Ele disse que nem o prefeito Amazonino Mendes nem a CMM podem cruzar os braços diante da crise que ocorre no setor de transporte coletivo da cidade.

Fonte: Gabriel Andrade/CMM
Foto: Plutarco Botelho/CMM


Permitida reprodução deste citada a fonte.

Seja o primeiro a comentar!

Postar um comentário

?Leia abaixo antes de comentar

* Todos os comentários são moderados;
* Comentários em 'anônimo' serão rejeitados;
* Comente somente o que for referente ao tema publicado;
* Ofensas pessoais ou spam serão rejeitados;
* Obrigado por sua visita no Manaus em Notícia e volte sempre!